Partiu Estrada!

partiu_estrada

Antes de colocar o pé na estrada, é  importante cuidar da segurança! Por isso, garanta que todos os itens estão funcionando perfeitamente. Nossa dica essa semana é, especialmente, sobre o sistema de freios. Confira:

1-Pastilhas de freio: Esse componente é o mais comum na hora de uma revisão do sistema de freios; Seu desgaste deve ser uniforme e ela deve ser substituída caso esteja no limite. A troca deve ocorrer caso a pastilha usada esteja com menos de 5mm de espessura. Cuidado com a qualidade do material, pois ele influencia diretamente o processo de frenagem e durabilidade dos componentes.

2- Disco de freio: É ele que recebe a pressão das pastilhas de freio. Preste atenção no limite de espessura, geralmente detalhado na própria peça. Na hora de uma revisão ou troca de pastilhas, verifique o estado geral do disco de freio.

3-Tambores e sapatas de freio:  Carros que não usam freio a disco no freio traseiro usam sistema de tambores e sapatas de freio. Esses itens devem ser trocados quando há desgaste das lonas de freio e nos tambores.

4-Cilindros e flexíveis do sistema de freios: Responsáveis por levar o fluido de freio sobre pressão até as rodas, eles necessitam de vistoria em toda revisão de freios. Deve ser procurado pontos de vazamentos de fluido de freio – caso tenha algum, você poderá ficar sem freio a qualquer momento. Em caso de vazamento ou qualquer dúvida, substitua os componentes.

5- Fluido de freio:  Responsável por transmitir a força aplicada no pedal de freio até as rodas. Ele também tem a função de proteger o sistema contra oxidação, por isso ele é higroscópico (feito para absorver água do sistema). A vida útil que pode variar de acordo com as condição em que o carro fica exposto. Assim sendo, peça ao mecânico para sempre verificar como está o fluido de freio. Em algumas oficinas existem ferramentas para a execução desse teste.

6-Suspensão. Deve estar em excelente estado para que você aproveite o máximo de conforto e segurança ao rodar.  Os componentes de suspensão são responsáveis por manter o carro estável. Conheça agora alguns destes componentes:

a) Amortecedores

Peças responsáveis em controlar as oscilações da suspensão. Sua função principal é manter as rodas em contato permanente com o solo dando mais estabilidade ao veículo. Em caso de necessidade de substituição, o recomendado é trocar aos pares,  ou seja, caso aconteça dano no amortecedor dianteiro direito, recomenda-se trocar também o dianteiro esquerdo

b) Molas

Principal elemento elástico da suspensão, que já começa a funcionar  a partir do momento da sua instalação. Elas permanecem acionada pelo peso da carroceria do veículo mais as cargas que ele estiver carregando. Além disso,  absorve as irregularidades do terreno, controla a altura do veículo e atua sobre o alinhamento e equilíbrio da suspensão. Normalmente o motorista só percebe o mau estado da suspensão quando o veículo apresenta muitos barulhos, trancos, perda de conforto e estabilidade. Porém, os efeitos das molas fadigadas são verificados por impactos constantes na suspensão, desgaste acentuado dos pneus, amortecedores e batentes.

c) Buchas e coxins de suspensão

Trabalham em conjunto para uma suspensão firme e estável. Periodicamente é necessário conferir possíveis folgas em buchas, coxins, suportes e tirantes do sistema de suspensão.

Assista ao vídeo e confira as dicas que a ALE preparou para você!

RECEBA NOVIDADES DO BLOG DA ALE

Leave a Reply

Nome:

E-mail:

Website: