Qual o papel do pedestre no trânsito e no movimento “Maio Amarelo”?

De acordo com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, os acidentes não acontecem, mas sim são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. É aí que entra um ponto importante para quem caminha nas grandes cidades: a atenção!

O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito, sendo que muitas dessas mortes poderiam ser evitadas com a prática da direção defensiva ou da atenção por parte de todos que compõem o trânsito.

Segundo dados estatísticos do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), mais de 11 mil pedestres por ano são vítimas de acidentes de trânsito.

Por isso, pedestre, não subestime cada passo ou atitudes rotineiras que parecem simples, elas podem fazer toda a diferença para você e os demais.

– Sempre faça a travessia na faixa de trânsito;
– Nunca atravesse desviando dos carros em movimento;
– Utilize as passarelas para pedestres nas grandes avenidas ou rodovias;
– Olhe para os dois lados antes de atravessar, mesmo se a rua for de mão única;
– Respeite a vez do motorista.

Evite imprudências. #UmTrânsitoSeguroéaGenteQueFaz

RECEBA NOVIDADES DO BLOG DA ALE

Leave a Reply

Nome:

E-mail:

Website: